Quando é hora de dizer adeus ao passado e seguir em frente?

seguir-em-frente-superacao-autoestima-fim-de-relacionamento


Quando é hora de dizer adeus ao passado e seguir em frente?


Ah amiga, senta aqui vai… Mesmo que você não me diga absolutamente nada, eu sei exatamente o que se passa aí.

Entendo perfeitamente o quanto é bom e reconfortante apegar-se àquelas lembranças que um dia te fizeram tanto bem… São estas lembranças, tão vivas na sua mente e coração, como se tivessem acontecido ontem, que te dão aquela pontinha de esperança de que tudo, um dia, voltará a ser como antes.

Sei que, por causa deste fio de esperança, você tem dificuldade em, por vezes, escutar quando seu coração insiste em pedir para desapegar e seguir em frente. Este mesmo fio torna tudo mais difícil e complicado.

No fundo, você lê o que escrevo e pensa que falar é fácil, que na teoria é lindo, mas que nem imagino o que você está passando e como é difícil superar… Mas eu sei. Ah como sei. Vivi isso tantas vezes…

Sei também que você só poderá saber o que vem a seguir, quando soltar este fio. É como se estivesse relendo eternamente o primeiro capítulo de um livro, sem conseguir avançar para saber como será o final.

E o que você mais faz é imaginar como será esse final… Você sonha, espera, nada acontece e a dúvida permanece: “será que um dia…”:


…Ele vai voltar?

…A gente vai se entender de novo?

…Ele vai me perdoar?

…Ele vai me amar de novo?

…Voltarei a ser feliz ao lado dele?


Por muito tempo, e por muitas vezes, eu esperei para ver como terminava a história, sabe? Mas por incrível que pareça, não saía do primeiro capítulo. A história ficava só na minha imaginação.

Um dia me peguei olhando a capa do livro da minha vida amorosa, e pensando: “Acho que chegou a hora de dizer adeus ao passado e seguir em frente”. Sim, existe um momento certo para deixar o passado no passado. E o fato de você refletir sobre isso significa que o encontrou!

O momento ideal para seguir em frente depende de vários fatores, como: o desenrolar dos fatos, novos acontecimentos, tempo e distância da situação, novos personagens… Mas, principalmente, depende de você!

Solta esse fio de esperança, deixa que ele se rompa! Se você olhar bem direitinho, ele está seguro por fibras muito, muito leves e finas; prestes a romper-se. Só basta um empurrãozinho seu.


Abre teu olho moça!


“Quando é hora de dizer adeus ao passado e seguir em frente?”. Quando já não há mais brilho, empolgação, entusiasmo, não há emoção positiva. Há apenas tristeza, mágoa, rancor, decepção, frustração, e uma série de outras emoções desagradáveis.

Você percebe que é hora de deixar o passado para trás, quando sente que estacionou. Que a “coisa” não vai mais além de onde está, na verdade ela retrocede aos poucos. Quando o interesse, a tentativa de reconciliação, a empolgação, a busca, são unilaterais: só você pensa, só você se importa, só você sente. Quando só você parou no tempo…

Aquele fio de esperança começa a ficar cada vez mais frágil. E não me diga que não sabe quando isso está acontecendo, porque é impossível não perceber. Você sente! Tem um sistema de alarme aí dentro que te diz tudo o que precisa saber, mas você o ignora!

Você está prendendo sua esperança a um lugar onde ela não quer mais estar. Deixe-a livre para te guiar em um novo caminho. Pare de reler o primeiro capítulo do livro todos os dias, esperando encontrar algo novo, porque isso não acontecerá. Ele já foi escrito, não pode ser modificado.

Mas se você permitir, enxergará a infinidade de páginas esperando para serem lidas, para te emocionarem positivamente, contando a história de amor mais linda que você já conheceu: a sua!

Abra os olhos para enxergar quando o fio de esperança estiver se rompendo, e corte-o de vez! Permita que esta esperança vá em busca de novos sonhos para realizar, de novos amores para viver, de novas conquistas…

Permita-se abrir o livro da sua vida e ir direto ao capítulo 2! Tenho certeza que a continuação da sua história é maravilhosa. Você não tem curiosidade em conhecê-la?


O que está esperando? Vai viver menina!
Vai colocar toda essa esperança em algo que realmente valha a pena.


E se você passou tanto tempo apegada ao passado, que não sonhou com um novo futuro, não se preocupe… Encontrar um capítulo em branco, prontinho para escrever a sua história, é a maior dádiva que você poderia receber.

Aliás, se na pior das hipóteses você não gostar do futuro que escreveu, apaga e começa de novo! Há milhares de páginas esperando por você. Deixa de medo e escreve! É preciso seguir em frente!

E nem pense em rasgar o capítulo um! Nele estão algumas das maiores lições da sua vida. Não se escreve um livro rasgando as páginas, mas sim, acrescentando sentido a elas. Aproveite e releia-o uma última vez, mas desta vez, procure as lições que deveria ter aprendido e não o fez.

Daqui a algum tempo vou te perguntar como anda o seu livro, e espero sinceramente que tenha escrito o começo de uma linda história de superação para me contar.

Um beijo, sua linda! :*


Segredos da mente masculina: comece definitivamente a entender os homens, e ter melhores relacionamentos!