Os cafajestes: Será mesmo que todos os homens são iguais?

os-cafajestes-todos-os-homens-sao-iguais


Os cafajestes: Todos os homens são iguais?


Amiga, existe uma tarefa importantíssima nesta minha missão de abrir seus olhos: a de te fazer sair da caixa onde as mulheres acreditam que nenhum homem presta. Sério, sai daí; não é um bom lugar.


“Ah, mas eu nunca conheci um homem que prestasse…”


Tem certeza? Será que aquele seu amigo tímido (lá da época do ensino médio), que fazia tudo por você, não era um homem bom? Ou aquele seu vizinho que sempre te cumprimentava no elevador com um sorriso enorme e uma saudação empolgada, e você mal olhava nos olhos, não era um homem bom?


“Ah, mas eles não eram meus namorados…”


Ahá! Então você não pode afirmar que eles seriam cafajestes não é mesmo? Perceba que você não deu oportunidade para conhecer melhor estes rapazes. Poderiam sim ser cafajestes, mas poderiam ser o melhor dos parceiros.

Há uma forte tendência, tanto nos homens bons (e nos que se apaixonam cegamente), quanto nas mulheres, a gostar de quem lhes maltrata. É algo meio masoquista mesmo… Talvez nem Freud explique.

Um homem pode ser cafajeste ou ‘relacionável’ por natureza. Como da mesma forma pode ser cafajeste com algumas mulheres e um verdadeiro santo com outras (modo de falar, santo ninguém é – nem você né!).


E o que transforma um homem bom em um cafajeste?


Acredito firmemente em uma mistura dos tapas que a vida dá + a forma como eles encaram isso. De tanto serem desvalorizados por boa parte das mulheres, alguns homens realmente acreditam que todas nós somos iguais, que só queremos dinheiro, que não gostamos de romantismo, nem de rosas ou ursos de pelúcia, mas sim de joias e acessórios caros.

Sim, eu adoraria ganhar uma joia, mas também adoro ursos de pelúcia, assim como amo livros, flores, e principalmente valorizo um simples bilhete feito à mão com toda dedicação. E tenho a mais absoluta certeza, que não sou a única mulher a valorizar esses presentes.

Assim como você, eles também tentam nos agradar, e quando um homem bonzinho encontra uma mulher manipuladora, que brinca descaradamente com seus sentimentos, fazendo-o sofrer, algo muda dentro dele (dependendo da personalidade, pois alguns serão otários para o resto da vida – bem como certas mulheres).

Logo, certos homens reagirão de forma negativa, descontando todo o rancor do sofrimento em outras mulheres. De tanto conhecer mulheres ruins, eles começam a acreditar que todas são assim. Há uma mudança brusca de personalidade, que os fazem acreditar que homem bonzinho só se f***.


Você não acha que isto se parece muito com o que você pensa a respeito deles? O fato de acreditarem que todas somos iguais, não te faz igual as outras, faz? Eis a questão.


Outro fator que faz com que um homem te trate mal é a sua permissão. Sim, você permite! Se ele não te respeita, te trata como pano de chão, ao passo em que é super gentil com outras mulheres, será mesmo que não tem algo errado contigo?

Claro que tem! Estas outras não se permitem serem desrespeitadas. Elas se valorizam, não saem se doando facilmente, se humilhando por atenção, estando à disposição quando ele bem quer.


Um homem que trata mal as mulheres é um verdadeiro idiota, mas quando você permite que ele te trate mal, a idiota é você!


homem-cafajeste-homem-safado-os-cafajestes-frases-de-cafajeste


Acorda criatura! Você dispensa os homens bons e se sente atraída pelos cafajestes, ainda por cima permitindo que eles te usem como bem entendem, e depois vem me dizer que nenhum homem presta?

Toda mulher conhece o caráter do homem com quem ela se envolve! Exceto se ele for um psicopata, você sabe quem ele é! Temos um verdadeiro sistema de alerta; mas você boazinha e apaixonada, espera que ele mude um dia…

Sim, no fundo todos querem sexo. Sim, ser romântico não é exatamente uma característica expressiva do DNA deles. Mas quando eles realmente amam, controlam todos os impulsos que os levariam para longe de você. Controlam o instinto de sexo ao máximo, aprendem a ser mais românticos e atenciosos (mesmo que, no fundo, isso seja para conseguir algo 😀 ).


E quando você abre os olhos para enxergar com quem está se envolvendo, e tem amor próprio suficiente para não permitir desrespeito, você aprende a encontrar estes homens bons.


“Duvido…” – Bom, falo com conhecimento de causa. Já namorei alguns safados que foram bons para outras mulheres, bem como namorei os que eram cafajestes com as outras e foram bons para mim. Já maltratei, mesmo sem querer/perceber, homens que não mereciam, e já permiti ser usada como pano de chão por aqueles que não estavam ‘nem aí’.

Tenho amigos aos quais preciso abrir os olhos constantemente, pois de tão bobos que são quando se apaixonam, não percebem quando estão sendo usados por mulheres manipuladoras. E sim, até sugiro que eles deixem de ser idiotas, pois tem mulher que realmente só valoriza os cafajestes.

Do mesmo modo, tenho amigos que não ‘valem um centavo’ de tão cafajestes, aos quais preciso reclamar e dar lições de moral. E quanto mais boazinha ou ‘facinha’ a mulher é, mais eles contam vantagem.

Não sei se você concorda ou não, mas se já me acompanha, sabe que não curto mulher que se desvaloriza, e que esse comportamento ajuda os homens a nos tratarem como se fôssemos iguais.

Tenho real pavor de mulher que se trata com desvalor e depois reclama. É a mesma situação de homens bonzinhos demais, que estas mesmas mulheres tratam como otários, e exploram até onde podem: ambos permitiram.


Ninguém tem o direito de te tratar mal, mas as pessoas têm livre arbítrio, e isso pode acontecer em algum momento. A questão é: até onde você permite o desrespeito?


Infelizmente a sociedade julga pelo que vê, e nem sempre o que ela vê é o que realmente é. Não são as suas roupas curtas, os seus decotes, as suas transparências, mas a forma como você se comporta sobre isso.

Se você se permite ser facilmente usada, convenhamos que não tem muita moral para exigir respeito. Do mesmo modo, se o homem se permite ser tratado como otário, ele não tem moral alguma para reclamar de ter sido ‘usado’.

Falam tanto de feminismo e machismo, que não percebem a igualdade existente neste quesito. O que acontece com o “todos os homens são iguais” é o mesmo que “todas as mulheres são interesseiras”: um erro de percepção!

Eu não sou! E não gosto de ser tratada como se fosse. Você é? (se for me desculpe, mas este texto não é para você). Gosta de ser tratada assim? Então porque diz que todos os homens são iguais? Percebe que está fazendo o mesmo?


Lembre-se do que digo: eles não são iguais, são parecidos. Algumas atitudes realmente são iguais (defeito de fábrica parece), mas muitos outros quesitos não. É índole, e isso é individual. O mesmo vale para nós!


Precisamos aprender a conhecer primeiro, para julgar depois. A entender as particularidades de cada um. E a aprender a valorizar aqueles que se esforçam por nós. Esta é uma lição que vale para todos, inclusive para você! Pratique-a!

Um beijo, sua linda! :*


Segredos da mente masculina: comece definitivamente a entender os homens, e ter melhores relacionamentos!