Pedido de casamento… Mulher não pede? (Será?)

pedido-de-casamento-mulher-pedindo-em-casamento


Pedido de casamento…
Mulher não pede? (Será?)


Oi minha cara amiga!

Andei sumida né… Eu sei. Nem adianta me desculpar, pois após um sumiço sempre terei outro. Vida corrida é assim – mas é sempre por uma boa causa, ok? Eu não te esqueci!

Fui ver a (imensa) lista de comentários para aprovar aqui no blog, e encontrei uma coisa interessante… A mensagem da Verônica:


como-pedir-um-homem-em-casamento


Pois bem, ela faz referência a este artigo aqui: “Como pedir um homem em casamento”, onde obviamente não ensino a pedir um homem em casamento (se você já me acompanha, já me conhece para saber que não mesmo!).

Primeiro, gostaria de agradecer sua participação, Verônica. Quando escrevo posts mais “radicais”, sempre espero por comentários discordando, porque isso é o normal.

Este blog não foi criado para que todas as mulheres do Universo mudassem sua personalidade e resolvessem concordar comigo, só porque escrevo aqui um monte de ladainhas… Não, não.

Acontece que, até este momento (vai que no futuro mudo de opinião) ainda defendo a mesma ideia. Acredito que pedir um homem em casamento é como ter uma venda nos olhos. Isso pode significar dar um tiro no escuro. Deixa eu te explicar melhor o motivo daquele artigo:


#1: Homens e mulheres podem ser inseguros e ansiosos, dependendo da situação.


Não é que a mulher não possa pedir um homem em casamento, pois vai parecer desesperada, ansiosa, e insegura; enquanto que o homem que pede uma mulher em casamento não parece assim.

Primeiro que, muitas vezes, as mulheres tomam essa atitude exatamente por estes motivos. Essa é a verdade. Segundo que, o fato de defender que os homens a tomem, não significa que eu esteja dizendo que também não são ansiosos e inseguros. Não diria desesperados, pois até esta data da minha existência, nunca vi um homem desesperado para casar (se alguém conhecer um, me avisa, quero entrevistá-lo).

Uma das coisas que muitos homens temem secretamente, é que as mulheres percebam o quanto estão interessados no começo de um relacionamento. Eles sabem que temos um grande poder sobre eles. Então disfarçam como podem, tentando parecer desinteressados.

Um homem que em pouco tempo te diz “eu te amo”, está mesmo muito apaixonado, pois do contrário não o faria. Ele sabe que corre o risco de ser zoado pelos amigos, e de te dar total controle sobre ele.

Logo, sim, existem homens desesperados, ansiosos, e inseguros. Uma mulher que não esteja com o mesmo interesse que ele, de cara vai perceber isso. “Credo, conheci ele ontem e o cara não sai do meu pé. Que grude”.

Qual é a diferença agora?

Eu só disse que, quando uma mulher pede um homem em casamento sem ter noção de que isso é uma hipótese para ele também, ele a verá da mesma forma citada acima: como uma ansiosa!

A mesma coisa acontece se ela não ama o cara na mesma intensidade que ele, e ele a pede em casamento. Ela vai, no mínimo, se assustar bastante, pois não esperava. Até casos onde o homem fez uma surpresa incrível, eu vi a mulher rejeitar e ainda se chatear por ele tê-la pego de surpresa.


#2: Tradição


A sociedade meio que “predeterminou” que o casamento é mais importante para as mulheres, do que para os homens. Para eles, ensinaram que a “solteirice” é o melhor caminho. Ter várias mulheres a seu dispor é o ideal. Logo, eles não têm este interesse (nem de longe) no mesmo grau de importância que uma mulher tem.

O meu ponto de vista sobre “não pedir um homem em casamento”, principalmente se ele não dá indícios de que quer isso, é também um instinto de proteção. Eu não preciso passar a vergonha da incerteza, e muito menos me sentir humilhada e frustrada, por tomar uma iniciativa que poderia partir dele.

Claro que nenhum homem gostaria de ser rejeitado em um pedido, isso seria muito humilhante para eles também, mas não como para uma mulher, que desde criança sonha com o dia do casamento, com o “príncipe encantado”, e planeja cada detalhe com tanto carinho.

Novamente repito: há mulheres e mulheres. Algumas nem ligariam para isso. “Ah, não quis? Beleza, vida que segue”. Mas a maioria? Duvido! Não consigo imaginar (e nem quero) como a sensação de rejeição deve ser forte neste momento, depois que a venda da ilusão cai.


como-pedir-um-homem-em-casamento-autoridade-feminina


Há muitos casos (que inclusive acompanhei) de mulheres com medo de seguir em frente após serem rejeitadas com um pedido de casamento negado. Será mesmo que isso aconteceu porque ele mudou de ideia repentinamente, ou porque ela nem sequer respeitou ele a ponto de saber se ele desejava o mesmo?

Sim, tomar uma decisão por alguém é desrespeitar a autoridade dessa pessoa. O mundo não gira ao redor das suas vontades!

Será que se ela tivesse pelo menos conversado com ele para saber suas reais intenções, isso não teria mais chances de ser evitado?

Será que as mulheres, que recusaram uma linda declaração de amor surpresa, não recusaram justamente porque se sentiram desrespeitadas por não terem suas vontades questionadas?

São estes pontos que me fazem defender que é muito mais inteligente, prudente, e sensato, deixar que o homem peça (e claro, sou à moda antiga, isso influencia também). Se alguém vai passar vergonha, que seja ele! 😀

De certa forma pode soar machista, não sei… Não vejo assim, mas talvez o fato de eu defender que na natureza estas atitudes são sempre do macho, em todas as espécies, leve a crer isso… Não sei. Para mim é tradição, mas hoje em dia até isso se torna distorcido.

O que sei é que acho lindo, emocionante, e não abro mão de ter um homem ajoelhado aos meus pés, me fazendo ter uma das sensações mais incríveis da minha vida (amor, se estiver vendo isso, já sabe que não adianta esperar que eu me ajoelhe! 😀 ).


pedido-de-casamento


Não sou machista… Ou sou? Será? :O


Eu não sou machista e nem feminista. Bom, pelo menos não me considero assim. Detesto radicalismos!

Sou apenas uma pessoa com opinião própria, que a desenvolveu com base no que viveu, acompanhou, e acompanha. Não sou ‘extremos’, e não gosto disso.

Nem defendo homens, nem mulheres. Sou pela paz no relacionamento, esteja a razão em que lado for. 😉

Também não estou aqui para que concordem comigo em tudo que eu disser. Pelo contrário, quero que entendam, e tirem suas próprias conclusões. O que fizer sentido, ok, que sigam. O que não fizer, bom, somos diferentes, resta respeitar. Por isso nem gosto de dar dicas de “passo-a-passo”, para que aprendam a raciocinar por si, mas normalmente estão muito aflitas para conseguir sequer enxergar uma luz no caminho.

A única coisa que me importa de verdade, é ajudar mulheres a pararem de sofrer pelos homens, por questões que poderiam ser evitadas. É ensinar ao máximo possível, que apesar de ser considerado brega, manter alguns valores ainda vale à pena. É enfiar na cabeça delas, de uma vez por todas, que são incríveis, e que não precisam da aprovação ou aceitação de nenhum homem para serem felizes.

Se você aprender isso, missão cumprida. 🙂

Um beijo, sua linda! :*


Segredos da mente masculina: comece definitivamente a entender os homens, e ter melhores relacionamentos!