Superar o fim do relacionamento: Você é mais forte do que imagina!

Mulher tentando superar o fim do relacionamento

Superar o Fim…
De tanto brincar de ser forte você se acostuma!


 

Oi amiga. Tudo bom? Vamos falar sobre como superar o fim de um relacionamento (seja ele qual for)?

No final deste artigo eu vou te explicar como você pode reconquistar seu ex (se essa for sua intenção), mas antes, vamos falar sobre superação?

Talvez em algum momento de dificuldade na sua vida, principalmente no âmbito amoroso, você se viu diante de uma situação ruim, querendo ter forças para lutar e seguir em frente, mas se pegou alimentando o pensamento:

“Eu não consigo…”

Pois bem, preciso te dizer que, independente de como você chegou a esta conclusão, você está errada! Isso mesmo: errada!

Você é muito mais forte do que imagina.

Se já sofreu decepções, e mesmo assim está seguindo adiante, um dia de cada vez; sorrindo para disfarçar a tristeza que carrega (mesmo chorando escondida); vivendo sua vida (mesmo sem achar que ela ainda valha à pena); cuidando daqueles ao seu redor que precisam de você (mesmo quando se sente absolutamente sozinha…).

Então você é muito mais forte do que imagina!

A sua mente é muito complexa. O seu cérebro mais ainda.

Tudo aquilo que você faz na sua rotina, tornou-se automático porque você aprendeu como fazer.

Você não acorda de manhã, e começa a pensar: “Bom, agora preciso colocar os pés no chão, caminhar até o banheiro, abrir a torneira, lavar o rosto, pegar a pasta de dente, abri-la…”, porque isso é automático!

Todos os dias você repete a mesma rotina (salvo algum imprevisto), e isso criou um caminho neural na sua mente, tornou-se algo automático, que o seu cérebro executa “sem te consultar” para que você economize energia.

 


E porque estou te falando sobre superar o fim?


 

É simples: Porque 90% das mulheres se acham incapazes de lidar com isso!

E preciso te dizer que, se você conseguiu “adestrar” seu cérebro a agir no automático todos os dias, pela repetição de ações, você também consegue adestrá-lo a seu favor para lidar com decepções.

Tudo é uma questão de treino: De tanto brincar de ser forte, você se acostuma. Isso faz parte da superação!

Talvez não saiba, ou ache que é uma crendice, mas ‘escute-me’: As suas palavras têm poder (sobre você e sobre os outros).

O que você fala com convicção, e repete constantemente, é tomado pelo seu cérebro como verdade absoluta, e ele fará tudo para que seja verdade de fato.

Ou seja, todas as vezes que você repete que não consegue, é como se o seu cérebro entendesse que aquilo não vai dar certo, e que é melhor abandonar a tarefa para economizar energia (nosso cérebro age em função de nos fazer economizar energia – é algo pré-histórico).

Logo, se você repete constantemente:

“Eu nunca vou conseguir esquecer ele e o que ele me fez, não importa o quanto tente. Nunca vou conseguir seguir em frente e começar uma nova vida…”

Então seu cérebro começa a “pensar”: “Bom, ela está gastando energia em vão, é melhor poupar essa energia” – e aqui começam a aparecer as “desculpas”.

 


  • Alguém te diz (eu, por exemplo): “Saia com as amigas, converse, distraia-se!”. E seu cérebro responde por você: “Não posso. Não tenho tempo. Na verdade faz tempo que falei com elas…”.
  • Alguém te diz: “Conheça novas pessoas. Faça novas amizades…”. Seu cérebro responde: “Não sou boa em me comunicar com os outros. Nem gosto de sair de casa…”.

 

Ou seja: Porque você vai fazer algum esforço, por algo que já repetiu para si mesma que será em vão? Não faz sentido!

E sua mente tratará de achar as desculpas mais improváveis para te impedir de gastar sua energia à toa, e você continuará tendo mais certeza de que não é capaz de superar o fim; aliás, de superar nada!

Quanta desculpa recebo nos emails… Nossa, cada coisa absurda! E é tão automático, que certa vez comentei para a moça:

“Tire um tempo só para você, desligue-se de tudo isso. Alugue umas comédias, e ria até doer. O riso cura”

E sabe o que ela me respondeu? “Eu não gosto de sorrir!”.

Gente, mas como assim? Que infelicidade deve ser a vida de uma pessoa dessas! Então ela está mesmo no caminho certo: o da infelicidade!

 

fim de relacionamento

 


Portanto, a dica para superar o fim é a seguinte…


 

Está tudo muito difícil? Parece impossível suportar? Você não está mais aguentando e tem certeza que não consegue?

Bom, esta não é você! É sua mente, e deves controlá-la!

Comece saindo do negativo e repetindo o positivo:

“Eu consigo sim. Um dia de cada vez, um passo de cada vez, e chegarei lá. Hoje será um ótimo dia, farei coisas para me distrair, e me tornarei cada vez mais forte. Eu consigo superar isso. Eu consigo superar qualquer coisa. Tudo vai melhorar, só preciso ter paciência…”.

“Mas Talitha, eu não consigo, não adianta…” – você não leu nada do que escrevi acima? Volte e leia!

Superação, lembra? Finge criatura! Finja até que seu cérebro acredite.

Quando conseguir convencê-lo de que és capaz, verás o milagre acontecer!

Ele vai te guiar no caminho das soluções. Vai te ajudar a procurar uma saída.

E aí amiga, todo o Universo conspira a seu favor!

Acorde todos os dias se olhando no espelho e repetindo o quanto você é linda, forte, incrível… O quanto tantos homens dariam tudo para estar contigo. O quanto você é sortuda por ser quem é, e o quanto sua vida se torna maravilhosa a cada dia que passa…

Acorde repetindo e durma repetindo, incansavelmente – você ainda não sabe, mas essa é a sua verdade!

Com o passar do tempo, você começa a colocar fé nas palavras, e seu poder positivo só cresce!

Lembre-se: a repetição cria novos caminhos neurais na sua mente.

Automaticamente você se tornará mais positiva. Obviamente alguns dias ou momentos te deixarão mais triste e negativa, mas você saberá se reerguer! Apenas não os alimente!

Não deixe que ninguém te diga que não consegue. Você consegue!

Você pode tudo! Pode qualquer coisa, basta querer!

Quer ser feliz? Então comece por você. Agora. Já!

Vai lá ao espelho, olha a pessoa maravilhosa que está na sua frente pedindo socorro!

Te alerto que a primeira vez que olhar nos seus olhos tristes, nas prováveis olheiras de noites mal dormidas, no ar de cansaço, não conseguirá sentir a menor vontade de ser positiva, ou de repetir coisas boas…

Provavelmente irá querer chorar. Mas não desista!

Repete mesmo chorando, repete mesmo sem vontade, as suas palavras têm poder! Insiste e fala. Fala de novo, e de novo, e verás que com o tempo sua confiança só aumentará.

Lembre-se que o ponto de vista faz toda a diferença. Nem tudo é tão ruim quanto parece. E tudo traz, no fundo, uma lição. Aprenda.

Continue estimulando positivamente o seu cérebro! Isso é superação.

É agindo assim que você conseguirá superar o fim – e qualquer outro problema que surgir na sua vida! Faça isso por você. Faça isso por quem quer o seu bem, tipo eu. 🙂

E aliás, se a dor que está sentindo neste momento é resultado do fim de um relacionamento, devo te dizer para respirar fundo e tentar ficar calma, pois talvez nem tudo esteja perdido.

Se esse amor vale mesmo a pena, se você tem certeza que ele é o homem da sua vida, e gostaria de tentar reatar esse relacionamento dando uma segunda chance à vocês… Bom, você sempre pode tentar reconquistá-lo (do jeito certo).

Mesmo se você acha que já fez tudo que podia, que não tem mais forças para lutar, que tem certeza que não existe mais volta… Calma!

Saiba que, as vezes, bastam simples atitudes para fazerem o impossível se tornar possível.

Aqui no Blog, na categoria fim de relacionamento, temos vários artigos que vão te ajudar nessa jornada.

Se quiser saber mais sobre como lidar com o medo da solidão, clica aqui: Medo de ficar sozinha? Veja como superar!

Mas se quiser conhecer o Método que várias mulheres estão usando para reconquistar seus amores, basta clicar neste link: Quero meu Amor de Volta!

Fica a dica para você arriscar!

Um beijo, sua linda! :*

 


Artigo atualziado em Abril/2018


 

error: Este conteúdo é protegido!