Relacionamento Frio: Não adianta tentar segurar Ele na Sua vida…

Mulher vivendo um relacionamento frio

 


Relacionamento Frio: Não adianta tentar segurar Ele na Sua vida…


 

Relacionamento frio… O medo de toda mulher!

Ver aquele relacionamento que um dia foi incrível, começar a descer ladeira abaixo, nunca é fácil. Principalmente se você continua apaixonada, e ele não.

As vezes é possível salvar uma relação que parece estar indo ao fundo do poço, mas existem casos onde o melhor a fazer, é deixar o outro partir.

A verdade é que você precisa abrir seus olhos para enxergar (e aceitar) quando um relacionamento acabou de vez. Quando você já fez tudo que podia, mas nada funcionou.

Neste artigo eu vou tentar te fazer entender que o melhor caminho não é insistir sem estratégia, tentando fazer o outro te amar à força, mas sim, utilizando essa inteligência que Deus te deu para fazer o melhor.

Se o seu relacionamento chegou ao fim, e você quer reconquistar esse homem, no fim do artigo eu vou te explicar como você pode conseguir isso.

Mas se você quer apenas entender melhor essa situação, vamos conversar.

 


Pare de querer obrigar o outro a te amar!


 

Relacionamentos começam e terminam todos os dias… Neste exato momento deve ter alguém casando por aí, e alguém chorando o fim de um relacionamento de longa data…

Infelizmente nem tudo é feito para durar para sempre.

O problema é que existem pessoas que desistem fácil quando as coisas começam a ficar difíceis, e pessoas que insistem demais em algo que não deveria continuar.

Sabe o que eu considero sensato? Analisar a situação com calma, e ver se vale à pena consertar. Se é desejo dos dois continuar juntos.

Se há uma gotinha de amor, então ainda há esperança. Talvez tenha caído na rotina, talvez um deslize abalou as estruturas da relação… Dá para tentar consertar se os dois forem sensatos!

Mas quando existe apenas o costume, o hábito de estar junto, provavelmente será perda de tempo insistir. Já acabou, e vocês não sabem.

Continuar nisso é apenas adiar o inevitável!

Me dá um profundo sentimento de tristeza, quando vejo uma mulher usar de todos os artifícios possíveis para manter um homem ao seu lado – contra a vontade dele!

Fico triste por ela, que não consegue perceber o papel humilhante ao qual está se submetendo.

Amiga, se não há amor, carinho, e muito menos respeito, não adianta tentar segurar um homem ao seu lado! Não vai funcionar! Será um inferno para vocês dois!

Se um homem não te ama, não tem carinho por você, e muito menos te respeita, porque raios você o quer por perto? Acho que falta um pouco – ou muito – de dignidade e amor próprio.

 

 


Para os homens, o relacionamento frio é visto de forma diferente


 

Quando um homem começa a deixar claro as reais intenções de desinteresse dele, acredite, ele não está fazendo nenhum jogo de sedução. Está claramente dizendo que o relacionamento está chegando ao fim.

Você pode usar de chantagem, sedução, golpe da barriga… Não vai adiantar! 

E mesmo que adiante, não vai durar.

Diferente da maioria das mulheres, que costuma levar a relação com a barriga, empurrando, fingindo que as coisas não vão tão mal, que ainda podem melhorar, que o cara pode mudar, que é só uma fase, mas vai passar…

Os homens, em grande parte, não toleram esse tipo de situação por muito tempo.

Quando as coisas não estão bem, quando ele não sente mais desejo, interesse, e muito menos amor por você, ele enxerga o óbvio: Não dá mais certo.

Pode até enrolar por algum tempo, procurando um meio de te dizer sem te magoar, criando coragem, sumindo, mas é inevitável: Acabou.

Este é mais um comportamento masculino que devemos aprender: Aceite quando acabar, e, principalmente, enxergue quando acabar.

Abra os olhos. Pare de se iludir. Tome uma atitude.

Não force alguém a ficar ao seu lado, quando essa pessoa demonstra claramente que não quer. Não tente amar por dois; é uma tarefa impossível de dar certo.

 


Amor não se empresta, não se compra; se sente! E se não pode ser sentido por livre e espontânea vontade, sinto muito, mas não existirá. Não na mesma medida, não na mesma intensidade… Na verdade, nem perto disso. Não se pode obrigar alguém a amar.


 

Pode haver carinho, respeito, afeição, mas não será o que você procura. Não é isso que você quer!

Você quer amor, quer doação, quer alguém que te ame como você o ama!

E quando enxergar isso, irá sofrer de modo desnecessário pelo que poderia ter sido evitado, se você simplesmente se respeitasse.

Sim, amiga, respeito! Insistir em manter perto alguém que deixa claro que não te ama, é falta de respeito consigo mesma. Adeus dignidade.

Não faça isso com você!

Não tente amar pelo outro, não continue insistindo em algo que já acabou ou que nunca sequer existiu – a não ser na sua mente.

Não se humilhe querendo migalhas, quando no fundo você deseja algo completo. Não aceite menos do que merece.

Quer uma dica de amiga? Sinceridade?

Já que você tem todo esse amor aí dentro, guardadinho, e louco para se manifestar, invista-o em você!

Ame-se! Dê-se todo esse amor que você vem guardando. Se existe alguém nesse mundo que o merece com toda a intensidade, este alguém é você!

Ame-se a tal ponto de despertar a curiosidade ao seu redor: “O que essa mulher tem que a torna tão sedutora? Tão alto astral? Tão incrível?”.

A resposta você já sabe: Amor próprio! Sem contraindicação, sem efeitos adversos, e sem limites.

Agora, se vocês terminaram, mas você ainda o ama; e quer agir certo para reconquistar esse amor, então comece aprendendo que atitudes você precisa ter, e quais precisa evitar.

Experimente ler o artigo: Fim de Namoro: Como ter Ele de Volta! e aprenda como não continuar cometendo erros e afastando esse homem de você!

Um beijo, sua linda! :**

 


Artigo atualizado em Maio/2018


error: Este conteúdo é protegido!