Por que Você não dá Certo com Ninguém? Veja como mudar isso!


Por que você não dá certo com ninguém?


 

Você está solteira, conhece um cara, vocês têm afinidade e “ficam”.

A frequência do contato se torna constante e sem perceber você começa a se apegar e fazer planos. Tudo vai, aparentemente, muito bem, até o dia em que:

 

  • Ele some;
  • Ele começa a fugir de você;
  • Ele pede um tempo, pois diz que “estão indo depressa demais“;
  • Ele fala que não quer nada sério agora;
  • Você descobre que ele tem namorada/esposa/peguete;
  • Você percebe que se apaixonou sozinha e “quebrou a cara” de novo…

 

Por acaso alguma dessas situações acima (ou todas elas) ocorrem com frequência na sua vida?

Você respondeu que sim? Então tenho outra pergunta:

Ao tentar entender os motivos, você costuma pensar algo como: “O que há de errado comigo? Por que não consigo um relacionamento sério? Será que afasto os homens?”.

Afinal, por que você não dá certo com ninguém?

Ah minha cara amiga… Quero te dar uma lição de sabedoria hoje, mas preciso que você abra sua mente para o que vou dizer. Combinado?

Vamos lá…

 


Por que você não dá certo com ninguém?
Provavelmente…


 

Bom, existe algo muito simples que faz com que essas histórias de horror voltem a se repetir na sua vida: Sua mentalidade!

Não há nada de errado com você, mas existem algumas atitudes suas que precisam, urgentemente, serem modificadas.

 

  • Dá atenção demais, se importa demais;
  • Se faz presente frequentemente (seja por mensagens, ligações, pessoalmente…);
  • Declara suas intenções/interesse cedo demais;
  • Pede satisfações disfarçadamente ou investiga a vida dele;
  • Dá satisfações da sua vida/rotina;
  • Está sempre ‘no pé’, seja pessoalmente ou nas redes sociais;
  • É sentimental demais;
  • Demonstra ciúmes/insegurança/raiva;
  • Nutre pensamentos negativos do tipo: “Não vai dar certo”, “Vou ser traída”, “Todo homem é safado”, “É bom demais para ser verdade”, “Não dou certo com ninguém”, “Nem acredito que isso tá acontecendo…”, etc;
  • Não permite que ele sinta saudade;
  • É excessivamente fútil/mal-humorada/retraída;
  • Dá liberdade demais nos primeiros encontros;
  • Sempre aceita na boa quando ele reaparece, permitindo que ele te use novamente.

 

Resumidamente, estes são hábitos que muitas (mas muitas mesmo) mulheres costumam ter.

Você pode cometer alguns dos deslizes acima, que não configuram necessariamente defeitos, nem significam que você tenha problemas, mas são atitudes que devem ser evitadas ou controladas em um relacionamento, principalmente no início.

As características acima podem afastar aquela pessoa que você tanto quer por perto.

 


Diferente da maior parte das mulheres, quando os homens conhecem alguém, não procuram se apegar logo de cara…


 

Muitos homens têm medo do amor.

Enquanto conversam com você, eles paqueram mais meia dúzia nas suas costas, ao mesmo tempo em que fazem você achar que está sendo diferente ou que é especial.

Com certeza você já ouviu a frase: “Nunca senti isso antes… Você é especial!”. Se nunca ouviu, prepare-se, você ouvirá em algum momento!

Tudo isso, muitas vezes, é só porque eles têm medo de se entregar de cabeça a uma relação.

O homem leva um tempo para perceber aquela mulher que se destaca, que fica mais presente no pensamento, que faz ele sentir saudade e querer ver novamente.

Neste meio tempo, ele também avalia você, e (por vezes, relutantemente) imagina se daria certo algo mais sério entre vocês.

Por estas e outras, se você vai depressa demais, você o “assusta”! A tendência é esse camarada fugir, e definitivamente a pergunta “por que você não dá certo com ninguém” continuará na sua mente.

Logo:

 

  • Não pressione;
  • Não fique no pé;
  • Não comece a cuidar dele ou se preocupar;
  • Não seja excessivamente melosa;
  • Não demonstre ser uma pessoa fútil, sem conteúdo algum;
  • Não deixe que ele te use como estepe ou passatempo;
  • Não cole nele (nem em redes sociais, muito menos pessoalmente);
  • Valorize-se acima de tudo;

 

E não, não abra seu coração e exponha tudo o que está sentindo sem antes ele ter, pelo menos, demonstrado o mínimo de interesse REAL por você.

Os homens são simples, alguns ainda são imaturos, mas são simples. Nós é que, por vezes, complicamos as coisas…

Procuramos “sinais” onde não existem, forçamos situações, confundimos os sentimentos, queremos tê-los conosco a qualquer custo, e depois não entendemos o motivo de não termos sorte no amor.

 


Problemas com o amor, ou com você?


 

Ok, mas talvez seu problema seja justamente porque não consegue encontrar alguém interessante a ponto de chegar pelo menos ao início de uma relação mais íntima.

Você vê suas amigas, sua vizinha, sua inimiga, todo mundo conseguindo encontrar alguém, mas na sua vida não surge ninguém interessante.

Bom, se você nem mesmo consegue atrair para sua vida um cara bacana, com quem consiga manter um “flerte“, uma paquera sequer, então o problema realmente está em você…

Mas não na sua aparência ou personalidade… Na sua mente!

Seu problema não é sorte, é a falta de atenção que está dando a você, e o excesso de atenção que está dando à carência, à falta…

Sua mente está condicionada à necessidade de precisar de alguém, e isto te torna uma pessoa carente sem perceber, que está sempre à procura de um amor para te completar, que se apega rápido, e sofre além da conta.

Não estamos falando de misticismo, estamos falando sobre fisiologia. Sobre os efeitos que esses pensamentos provocam no seu corpo, na sua autoestima, no seu comportamento, e mais além: na sua realidade!

Já reparou como existem pessoas alto astral, com uma energia tão boa, que onde chegam iluminam o ambiente? E que existem outras tão pra baixo, que ao se aproximarem acabam te deixando meio pra baixo também?

Pois é. A mesma coisa faz você com o seu corpo, quando se permite ter pensamentos negativos a respeito da sua vida. Automaticamente seu corpo reduz a produção de hormônios que te deixariam feliz, animada, viva!

 


Não é sobre estar feliz todo o tempo, mas a fazer o
máximo possível para SE fazer feliz!


 

As pessoas costumam achar que esses assuntos são crendices… Mal sabem elas a quantidade de estudos científicos que analisam o quanto esses fatores influenciam a vida e o sucesso das pessoas.

A Miria Kutcher viveu na pele os dois lados da moeda: Não conseguir um amor e passar momentos difíceis na vida, e aprender a dar a volta por cima e ESCOLHER o cara com quem queria viver.

Hoje ela é Coach de Relacionamentos, e ajuda diversas mulheres a entenderem onde estão errando, a controlarem sua mentalidade para atrair o homem certo, e a definitivamente conseguirem a tão sonhada felicidade no amor.

Se você quiser conhecer a história dela, e aprender a fazer o que ela fez para superar tudo isso, basta clicar nesse link: 3 Passos para Encontrar um Homem e Fazê-lo te Amar.

Realmente indico a leitura, é bem provável que você se identifique com a história emocionante dela!

Bom minha amiga, a resposta para o seu problema está na sua frente, mas você precisa treinar seus olhos para enxergar o que precisa ser modificado.

Faça o melhor por você. Preencha esse vazio interior com o melhor que você tem! Cuide de si mesma e consequentemente a pergunta “Por que você não dá certo com ninguém” vai parar de fazer parte da sua vida!

Aproveite e continue lendo: Como Conquistar um Homem Ideal para Você.

Beijo, sua linda! :*

 

Compartilha aí com as amigas:
error: Este conteúdo é protegido!