Como Parar de ser Carente: 6 Passos Práticos para se Libertar!

A carência afetiva é uma das maiores vilãs em um relacionamento, e por isso muitas mulheres procuram saber “como parar de ser carente” e se tornar emocionalmente independentes.

Afinal, a carência pode ser a responsável por você não conseguir encontrar um amor, bem como pode acabar com o seu relacionamento.

Quando você para de ser carente, aprende também a ter mais autoestima, controle emocional e autoconfiança.

Ou seja: Só tem benefícios!

E para te ajudar nessa missão, abordaremos detalhadamente o que é a carência, por que ela ocorre e quais são os sintomas mais comuns – além de dicas práticas sobre como superar a carência e construir relacionamentos mais saudáveis.

Continue comigo…

 

como-parar-de-ser-trouxa

 

O que é Carência e por que nos Sentimos Carentes?


 

Carência refere-se à falta de algo, seja afeto, carinho ou atenção.

É essa sensação pode se manifestar em várias áreas da vida, especialmente nos relacionamentos.

Quando se trata de carência afetiva, estamos lidando com a necessidade de amor e carinho. É uma busca por preencher um vazio emocional que, em níveis moderados, é uma parte natural da condição humana.

Em situações normais, surge a carência da necessidade humana básica de afeto e conexão social. No entanto, em excesso, pode levar a problemas nos relacionamentos.

Pessoas carentes sofrem porque não sabem viver sozinhas. Se sentem incompletas sem alguém.

É como se, estando sozinhas, sentissem um vazio que só pode ser preenchido com a presença de um parceiro.

Quando a mulher carente conhece um cara, faz dele sua tábua de salvação, como se ele fosse responsável por fazê-la feliz.

Ela se doa completamente ao outro, abre mão da própria vida por ele, mas nem sempre recebe o mesmo investimento de volta.

O resultado é frustração, humilhação por migalhas de amor, medo, sentimento de inferioridade, baixa autoestima, e por aí vai.

 

como-parar-de-ser-carente-02

 

Sintomas Comuns da Carência Afetiva


 

Embora a carência não seja considerada uma doença, seus sintomas podem ser facilmente identificados.

Alguns desses sintomas incluem:

 

1. Submissão extrema: Se relacionar com alguém apenas para preencher uma lacuna emocional, aceitando todo tipo de desrespeito – o que pode resultar em relacionamentos abusivos a longo prazo.

 

2. Medo de desagradar: O constante medo de ser abandonada pode levar a um comportamento focado em só agradar o parceiro, em atender as necessidades e desejos dele, esquecendo das próprias necessidades e até mesmo da própria identidade.

 

3. Felicidade dependente: A incapacidade de sentir feliz sem a presença de outra pessoa indica uma carência emocional oculta, onde os sentimentos estão ligados diretamente ao outro.

 

4. Excesso de ciúme: O ciúme exacerbado está, por vezes, associado à carência, resultando em comportamentos que prejudicam o relacionamento, como sufocar o parceiro com cobranças.

 

5. Medo da solidão: O receio de nunca mais encontrar outra pessoa faz com que você transforme o homem na sua tábua de salvação.

 

6. Sentimento de infelicidade: A constante insatisfação de desejos e vontades não atendidas pode levar a um estado depressivo.

 

Como parar de ser Carente - Autoridade Feminina

 

Como Parar de Ser Carente: 6 Dicas Práticas


 

Antes de começar um relacionamento, você precisa aprender a ser emocionalmente independente.

Uma relação só funciona quando as duas pessoas envolvidas se sentem completas, felizes, com ânimo pela vida, com autoestima.

Se o outro não está na mesma sintonia, consequentemente ele será dependente. Se torna uma relação de parasitismo, onde a pessoa carente suga a energia do parceiro.

Quando você é feliz, você soma. Quando você é carente, você depende.

Tornar o outro responsável pela sua felicidade é a receita para o fracasso de qualquer relacionamento.

Nunca haverá carinho e atenção na medida certa. A pessoa carente sempre vai esperar mais do que recebe.

Quando você se dá conta, acabou se tornando o tipo de mulher que cobra atenção, que desconfia, que pega no pé, que não dá espaço…

Vamos ver alguns passos para você aprender como deixar de ser carente.

 

1. Identifique os Gatilhos

 

Não se culpe por ser uma pessoa carente; em vez disso, concentre-se em entender o problema e mudar seus comportamentos.

A codependência está enraizada na infância, principalmente na relação com seus pais. Quando crianças, somos completamente dependentes de nossos pais para sobreviver. Logo, o relacionamento que temos com eles gera um impacto muito forte.

Sua criação e o ambiente em que você cresceu influenciam diretamente na formação da sua personalidade, especialmente no desenvolvimento de questões relacionadas à autoestima.

É normal nos sentirmos carentes vez ou outra, mas não na maior parte do tempo.

Por isso é importante que você saia do piloto automático e passe a ficar atenta aos pensamentos que tem e aos gatilhos que disparam os sintomas de carência.

Quando começar a ter crises de carência, querendo controlar os passos do homem, cobrando atenção constante, se sentindo insegura sem motivo, sentindo um medo irracional de ser abandonada etc., interrompa o processo e pense:

 

  • Por que estou me sentindo assim?
  • Qual foi o gatilho que disparou esse sentimento? O que aconteceu antes, que fez eu me sentir mal?
  • O que posso fazer agora que vai me ajudar a amenizar esse sentimento?

 

Se você conseguir romper a cadeia de sentimentos antes que a sensação ganhe força, será mais fácil controlar o que está sentindo.

Uma vez que aprende a fiscalizar seus pensamentos e ações, você os domina com mais facilidade.

 

Saiba como se livrar de traumas e inseguranças: Método Seja Vista

 

2. Atenda suas Necessidades

 

Quando começar a se questionar sobre os motivos de estar carente, perceberá que está esperando algo em troca. Questione o que é.

Sempre há uma necessidade não satisfeita no processo de carência.

Tudo que você faz no padrão de codependência é para atender suas expectativas que não foram atendidas na infância.

Então aprenda a identificar o que está te faltando hoje, e encontre formas de suprir isso sozinha – na medida do possível.

Pense: O que está em seu alcance, que pode te ajudar a resolver essa necessidade?

O importante é não deixar a carência chegar e ficar. Não alimente ela.

 

como-parar-de-ser-carente-01

 

3. Aprecie sua Própria Companhia

 

Você sabe o que te faz feliz? O que faz seus olhos brilharem? O que te faz levantar da cama todas as manhãs?

Pessoas carentes normalmente se anulam. Não têm certeza de quem são e do que sentem.

Vivem em função dos outros. Parece que a vida delas não tem cor, nem significado. Parece que falta uma razão para existir.

Precisa investir em você! Se conhecer melhor e curtir sua própria companhia.

O que tem feito por si mesma? Tem se dado a devida atenção, o devido valor? Ou está esperando que venha de fora, dos outros?

Cuide da sua autoestima, do seu visual (se te faz bem), da sua diversão, do seu crescimento pessoal e profissional.

Faça sua vida ter sentido. Faça sua vida ser completa em vários aspectos, conforme esteja ao seu alcance.

Parece clichê, mas ocupar sua mente e sua vida com o que te faz bem, espanta a carência.

Passatempos (música, filmes, séries, livros), exercícios físicos, animais de estimação, tempo de qualidade com amigos, trabalho, estudo, voluntariado, viagens…

Qual foi a última vez que se sentiu feliz com sua vida? Que fez projetos que te dessem ânimo? Que sonhou e criou metas para realizar?

Qual foi a última vez que curtiu sua própria companhia, que fez planos para si mesma?

Uma vida monótona abre portas para a carência se instalar. Mude isso.

 

4. Pratique o Autoconhecimento

 

Você se conhece? Sabe o que deseja para o futuro, para onde está caminhando?

Sabe o que te deixa feliz, e o que te causa insegurança?

Sabe quando está prestes a ter uma crise de carência, e o que deve fazer para confortar a si mesma e controlar os sentimentos?

Se não, é hora de começar a se autoanalisar. A conhecer seus pontos fortes, fracos, e seus gatilhos. A desenvolver suas técnicas de autocontrole emocional.

Explore algumas estratégias de autoconhecimento, como a escrita terapêutica, meditação, yoga etc. para se reconectar consigo mesma e compreender suas necessidades emocionais.

Escrever um diário é uma excelente forma de se conhecer. Lá você pode fazer registros dos seus sentimentos e das situações que desencadeiam a carência. Pode registrar também o que experimentou fazer para controlar isso, e o que funcionou.

Dessa forma começará a enxergar os padrões de situações que te deixam mal, e o que funciona melhor para lidar com cada uma delas.

 

5. Aprenda a Confiar em Si e no Outro

 

Confiança é fundamental em qualquer relacionamento.

Não importa o que você faça, não pode controlar um homem se ele decidir que não quer. O nome disso é livre-arbítrio, e todos nós temos.

Então não adianta se desgastar querendo mandar no homem. Quanto mais energia você gasta desconfiando e demonstrando sua insegurança, mais você leva o relacionamento à ruína. É questão de tempo até ele te deixar.

Se você tem motivos reais para desconfiar, sente, converse e esclareça. Decida se vale à pena continuar em uma relação assim.

Mas se não tem, analise: “Isso que estou pensando tem provas reais, ou é apenas algo da minha cabeça?“. Se não tem fatos concretos, então tudo está no âmbito da sua imaginação. Trabalhe com fatos, não com paranoias.

Para um relacionamento dar certo você precisa confiar e ser confiável. Se o homem quiser te trair, ele vai. Nada que você faça o impedirá disso, então não vale à pena se desgastar.

Dê a ele o benefício da confiança, e veja o que ele faz com isso. Em cima do comportamento dele você toma sua decisão.

 

6. Faça terapia

 

Se você não consegue se controlar e isso está afetando sua vida e seus relacionamentos, busque ajuda. Excesso de carência não é saudável.

Psicólogos e Terapeutas são especialistas no trato com as emoções e vão te ajudar a construir relacionamentos mais equilibrados.

Uma vez que você descobre como é gostoso ter uma relação saudável e livre das paranoias frequentes que te atormentam, você percebe que estava se desgastando à toa, pois não podemos controlar os outros, podemos controlar a nós e fazer escolhas mais saudáveis.

 

Como parar de ser Carente - Autoridade Feminina

 

Mantra para Controlar a Carência


 

Parar de ser carente é um processo. E como todo processo, quanto mais você o fortalece, mais fácil fica.

Eu tenho um mantra que me ajudou a ser menos trouxa e carente: “Ninguém me deve nada!”.

Estamos sempre acreditando que o mundo nos deve alguma coisa. Que nossa família nos deve. Que nossos amigos nos devem. Que nosso parceiro nos deve.

Mas a verdade é que ninguém te deve nada.

Quando você entende que VOCÊ e SÓ você é responsável pela sua felicidade, passa a enxergar a vida com outros olhos.

Nos tornamos vulneráveis ao outro porque estamos sempre esperando algo. Nosso ego quer atenção, reconhecimento… Quer se sentir importante. Quando não recebemos isso, sofremos.

Parar de esperar das pessoas é o segredo.

Expectativa sem pressão: “Espero que algo bom aconteça, mas se não acontecer está tudo bem, porque ninguém me deve nada”.

A cura está em si mesma. Pare de esperar dos outros e espere mais de você.

Leve esse mantra para a vida e viva mais leve.

Aproveite para continuar lendo: Como Conquistar um Homem: O que Você deve Fazer

Beijo, sua linda! :*

 

como-parar-de-ser-trouxa

Compartilhe esse Artigo:

Picture of Talitha Alves | Terapeuta

Talitha Alves | Terapeuta

Pós-graduada em Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) com foco em Casais. Publicitária. Especialista em Comunicação aplicada à Relacionamentos com ênfase em Conquista, Reconquista e Reconstrução de Relações em Crise para Mulheres. Fundou o site Autoridade Feminina em 2014 para ajudar mulheres com problemas de Relacionamento Amoroso. Instagram: @autoridadefemininaa

1 Comentário

  • Mas é exatamente isso q estou fazendo, cuidando de mim. Cheguei a dizer várias vezes, "Puxa, estou sem amigos, ninguém me procura mais ou porque as pessoas não dão mais atenção pra mim, porque que não se interessam pelo que eu falo" Quem é que aguenta uma pessoa desistimulada e sem assunto. Bom se quero que as pessoas voltem a confiar em mim e mostrar interesse, tenho q mudar e uma das coisas que devo mudar é a maneira como me trato!

Deixe um Comentário Respeitoso

CONQUISTE E DEIXE ELE AOS SEUS PÉS!

Aprenda a Conquistar qualquer Homem usando o Método Conversas Atraentes, que deixam ele apaixonado antes mesmo de te conhecer!

Inscreva-se no YouTube:

MÉTODO DE 3 PASSOS PARA RECONQUISTAR O EX

Não importa se ele disse que não tem mais volta, nem se é orgulhoso. Você só precisa fazer essas 3 coisas para seu ex voltar correndo!

SALVE SEU CASAMENTO!

Está passando por uma Crise no Casamento, distanciamento físico, emocional, adultério ou mesmo Divórcio?

Dá tempo de recuperar o amor! Aplique essa técnica usada em atendimentos de casais e salve seu relacionamento.

Edit Template

Veja todos os Cursos:

autoridade-feminina

Portal de Conteúdo para Mulheres, Especializado em Comunicação para Relacionamentos, com foco nos temas de: Conquista, Reconquista e Reconstrução de Relações em Crise.

SIGA-NOS:

Autoridade Feminina © 2014 - 2024 | Todos os Direitos Reservados