Fim de Relacionamento: Como Entender e Superar um Término

Apesar de muitas mulheres relatarem que o homem terminou “do nada“, um fim de relacionamento nunca acontece por acaso, do dia para a noite.

Sempre existe um motivo, ou uma série de motivos, que fazem com que a relação chegue ao fim.

Talvez você não tenha notado, ou não tenha dado importância, enquanto ele enxergou de forma diferente – mesmo não demonstrando.

Na maioria das vezes o relacionamento termina por um acúmulo de pequenos desentendimentos ao longo do tempo, que vão desgastando a relação, até que um dos dois decida que não faz mais sentido continuar.

A seguir, vamos entender quais são as etapas que envolvem o fim de uma relação e o que você enfrentará daqui pra frente.

Se foi ele que terminou, você está sofrendo a dor da separação e quer superar mais rápido, recomendo conhecer o Programa Recomece – clique aqui e saiba mais.

Mas se você deseja reconquistar o seu ex, recomendo ler esse artigo aqui: Como Reconquistar o Ex: O que Fazer para Salvar o Relacionamento.

 

como-esquecer-alguém

 

Fim de Relacionamento: As Fases do Término


 

Terminar um relacionamento pode ser uma das experiências mais dolorosas e difíceis da vida.

Muitas vezes sentimos que perdemos uma parte de nós mesmos, que não vamos conseguir seguir em frente, que nunca mais vamos encontrar alguém que nos ame.

Durante um término passamos por um processo de luto, que pode ser dividido em cinco etapas: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação.

Essas etapas não são lineares, nem têm uma duração definida. Podemos oscilar entre elas, voltar a uma etapa anterior, ou pular uma etapa.

Quando você entende o que acontece ao enfrentar o fim de um relacionamento, fica mais fácil saber lidar com essa montanha-russa emocional.

A duração do sofrimento está diretamente relacionada à forma como você resolve lidar com a dor, e o quanto ajuda a si mesma a passar por essa jornada.

O importante é reconhecer o que você está sentindo e não se julgar ou criticar por isso. Portanto, respeite o tempo das coisas, mas se ajude no processo.

Vamos entender melhor essas etapas, e você poderá identificar em qual delas se encontra.

 

Fase 1: Negação

 

Essa é a fase do choque, onde você vai tentar negar a realidade do término, achando que é um erro, que ele vai voltar, que tudo vai se resolver.

Talvez você se iluda com falsas esperanças, ou se isole dos amigos e familiares que tentarão te ajudar.

Você pode sentir dificuldade em aceitar que o relacionamento acabou, por isso é importante reconhecer e expressar seus sentimentos, sem se culpar ou se envergonhar.

Converse com alguém de confiança, escreva um diário, procure ajuda profissional se necessário. Mas não se isole, nem se apegue a falsas esperanças. Lembre-se que o término não significa o fim da sua vida, mas uma oportunidade de recomeçar.

 

Fase 2: Raiva

 

Nesta etapa você sentirá raiva do seu ex, de si mesma, da situação ou até de outras pessoas envolvidas.

Você pode se sentir traída, rejeitada, injustiçada, ou humilhada. Pode querer se vingar, ou descontar sua frustração em outras pessoas ou coisas.

É normal sentir essa emoção, mas não deixe que ela te domine ou te leve a agir de forma impulsiva ou destrutiva.

Tente canalizar sua raiva para atividades positivas, como: praticar exercícios físicos, fazer algo criativo, ou se dedicar a um projeto pessoal.

Não guarde rancor, nem busque vingança.

Perdoe-se e perdoe o outro, mesmo que isso leve tempo – nem é por ele, é por você.

 

fim-de-relacionamento-autoridade-feminina-1

 

Fase 3: Barganha

 

Nesta fase você poderá tentar negociar com ele, com você mesma, ou com uma força superior (como Deus), para reverter o término.

Talvez você faça promessas, concessões, ou mudanças, na esperança de reconquistar seu ex ou evitar a dor da perda.

Você pode se questionar sobre o que poderia ter feito diferente, ou se iludir com promessas de mudança.

É preciso ser realista e aceitar que o relacionamento acabou, e que as vezes pode não ter mais volta – apesar de que, em alguns casos, é possível reconquistar o ex.

Não se humilhe, nem se submeta a situações que te façam mal. Respeite-se, valorize-se, e não aceite migalhas de ex.

 

Fase 4: Depressão

 

Essa é a etapa onde bate a tristeza profunda, e você sente angústia, desânimo, ou culpa.

Talvez se sinta sozinha, vazia, sem ver sentido na vida ou sem esperança. Pode perder o interesse pelas atividades que gostava, ou ter dificuldades para dormir, comer, ou trabalhar.

Falta de motivação ou até mesmo sintomas físicos, como dores no corpo, são comuns.

Por isso é essencial cuidar da sua saúde física e mental, e buscar apoio emocional.

Não se afaste das pessoas que te amam, nem se entregue ao isolamento ou à autocomiseração. Procure fazer coisas que te façam bem, como ouvir música, ler um livro, assistir a um filme, ou sair com as amigas.

Não se automedique, nem recorra a substâncias que possam piorar seu estado. Se a depressão persistir ou se agravar, procure ajuda profissional imediatamente.

 

Aproveite para ler esse artigo: Depressão após Fim de Relacionamento: O que fazer?.

 

Fase 5: Aceitação

 

Por fim, você aceitará a realidade do término e reconhecerá que o relacionamento acabou.

Pode sentir alívio, paz, gratidão e até felicidade. Pode retomar sua rotina, seus projetos, ou seus sonhos. Pode se abrir para novas possibilidades, ou novos relacionamentos.

Nesta fase, você verá que o término foi o melhor para os dois, e que finalmente seguirá em frente com a sua vida.

Você pode reconhecer o que aprendeu com o relacionamento, e o que pode melhorar em si mesma. Pode se orgulhar da sua força e resiliência, e se preparar para um novo amor.

 

fim-de-relacionamento-autoridade-feminina-1

 

Como Superar a Dor do Fim de Relacionamento


 

Continuar sua vida pode ser difícil, especialmente se você persistir ou tiver esperança de reconciliação.

Nesse caso, reconstruir sua identidade, resgatar projetos individuais, criar novos planos e buscar autoconhecimento são estratégias úteis nesse processo.

Superar um término não é fácil, mas é possível. Aqui estão algumas recomendações que podem te ajudar:

 

Respeite seu Tempo e seu Ritmo:

 

Não se cobre para superar o término rapidamente, nem se compare com outras pessoas que passaram pela mesma situação.

Cada um tem seu tempo e seu ritmo para se recuperar, e isso depende de vários fatores, como: a duração, a intensidade, e o motivo do término.

Respeite seu tempo e seu ritmo, e não se force a fazer nada que não se sinta pronta.

 

Expresse seus Sentimentos:

 

Não guarde seus sentimentos para si mesma, nem os reprima.

Expresse seus sentimentos de forma saudável, seja conversando com alguém de confiança, escrevendo em um diário, chorando, ou até gritando, se isso te ajudar.

Expressar seus sentimentos pode te ajudar a aliviar a tensão, a entender o que está acontecendo, e a se libertar do que te faz mal.

 

Aproveite e leia também: Como Superar um Término: 7 Passos da Psicologia.

 

Cuide de Si Mesma:

 

Não descuide de si mesma, nem se negligencie. Cuide-se, tanto física quanto emocionalmente.

Faça atividades que te façam bem, como: exercícios, meditação, hobbies, ou lazer.

Alimente-se bem, durma bem, e hidrate-se bem. Lembre-se que você é importante e merece ser feliz.

 

Busque Apoio Emocional:

 

Não se isole, nem se feche. Busque apoio: amigos, familiares, grupos, ou profissionais. Pessoas que te compreendam, te respeitem, te acolham, e te incentivem.

Busque apoio de pessoas que te façam companhia, te distraiam, divirtam e inspirem.

Para te ajudar nisso, recomendo conhecer o Programa Recomece. Clique aqui e saiba mais.

 

Aprenda com essa Experiência:

 

Não se vitimize, nem se culpe. Aprenda com a experiência, e veja o término como uma oportunidade de crescimento, e não como um fracasso.

Tire lições, reflexões, ou mudanças, que possam te ajudar a melhorar como pessoa e como parceira.

Absorva os ensinamentos que a vida te deu, e lembre-se que tudo tem um propósito e tudo passa.

 

É normal sentir falta do ex, principalmente se o relacionamento foi longo, intenso, ou significativo.

Mas sentir falta do ex não significa que você ainda o ama, ou que quer voltar. Significa apenas que você está se adaptando a uma nova realidade, sem a presença dele.

Com o tempo, essa falta vai diminuindo, até desaparecer.

Por enquanto, foque no agora e no que pode fazer para se sentir melhor hoje. Um dia de cada vez e logo essa será apenas uma memória distante que não dói mais.

Fique bem.

Um beijo, sua linda! :*

 

como superar um fim de relacionamento

Compartilhe esse Artigo:

Picture of Talitha Alves | Terapeuta

Talitha Alves | Terapeuta

Pós-graduada em Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) com foco em Casais. Publicitária. Especialista em Comunicação aplicada à Relacionamentos com ênfase em Conquista, Reconquista e Reconstrução de Relações em Crise para Mulheres. Fundou o site Autoridade Feminina em 2014 para ajudar mulheres com problemas de Relacionamento Amoroso. Instagram: @autoridadefemininaa

Deixe um Comentário Respeitoso

CONQUISTE E DEIXE ELE AOS SEUS PÉS!

Aprenda a Conquistar qualquer Homem usando o Método Conversas Atraentes, que deixam ele apaixonado antes mesmo de te conhecer!

Inscreva-se no YouTube:

MÉTODO DE 3 PASSOS PARA RECONQUISTAR O EX

Não importa se ele disse que não tem mais volta, nem se é orgulhoso. Você só precisa fazer essas 3 coisas para seu ex voltar correndo!

SALVE SEU CASAMENTO!

Está passando por uma Crise no Casamento, distanciamento físico, emocional, adultério ou mesmo Divórcio?

Dá tempo de recuperar o amor! Aplique essa técnica usada em atendimentos de casais e salve seu relacionamento.

Edit Template

Veja todos os Cursos:

autoridade-feminina

Portal de Conteúdo para Mulheres, Especializado em Comunicação para Relacionamentos, com foco nos temas de: Conquista, Reconquista e Reconstrução de Relações em Crise.

SIGA-NOS:

Autoridade Feminina © 2014 - 2024 | Todos os Direitos Reservados