Teste de Amor: É amor ou raiva?


Teste de Amor: É amor ou raiva?


Ooooolha quem voltou! Eu! 😀 Sim minha amiga linda, eu sumo mas sempre volto (cê sabe que não te deixo né!)… Diferente do seu ex, que resolveu ir embora e te deixar com a sensação de não saber se ainda quer conquistá-lo de novo.

Ah eu te entendo… E hoje trouxe mais uma reflexão pra te fazer pensar sobre o que você tem feito com a sua vida. Vamos entender se você continua apaixonada por ele?

Acabou, The End, Fim… Cada um pro seu lado, mas o que ninguém sabe (porque você não assume nem conta) é que você não foi pro seu lado! Nããão… Você continua do lado dele!

Não me engana que eu te conheço moça!

Seu ex seguiu a vida dele, e você finge que seguiu a sua, mas continua na tocaia, escondidinha, e de olho em tudo que acontece.

Por isso eu preciso te perguntar: É amor ou raiva? Vamos fazer um teste de amor e descobrir o que está acontecendo?


Entendendo seus sentimentos…


Minha amiga, a melhor coisa que podemos fazer por nós mesmas é sermos sinceras ao extremo, mesmo que essa sinceridade doa.

Quando superamos um trauma, ou esquecemos uma situação ruim, desagradável, que nos magoou profundamente (como o fim de um relacionamento), o primeiro sinal que confirma a superação é o fato da vida seguir adiante.

Você conhece novas pessoas, se envolve em novos projetos, e aquele assunto tão desagradável que você vivenciou é deixado de lado – não necessariamente esquecido por completo, mas torna-se sem importância.

Por outro lado, quando dói, quando persiste, quando te paralisa, e você sente que todo mundo seguiu com suas vidas menos você, bom… Significa que ainda há muito a ser trabalhado no seu processo de superação.

O problema é que nos enganamos a todo o momento. Alimentamos o orgulho, e escondemos de nós mesmas o que estamos sentindo, quando na verdade deveríamos colocar para fora.

Fingimos que não estamos “nem aí” pro fulano, xingamos, mandamos indiretas, e tudo isso achando que enganamos quem está nos ouvindo.

Ledo engano.

Essas atitudes mostram estampado na sua cara, com letras gigantes, que você está sofrendo por dentro!



Como identifico o que estou
sentindo pelo meu ex?


Entramos então em uma fase onde dois sentimentos costumam predominar: ou você ainda o ama, ou você tem raiva (ou em casos bem extremos você ficou obcecada pela criatura!).

Pode haver os dois ao mesmo tempo? Sim, pode, mas normalmente um deles prevalece com força.

Falei acima que algo essencial para superar e seguir sua vida é ser sincera consigo mesma, certo? Enquanto tentar se enganar, fingir, as coisas só vão piorar – acredite em mim!

Então te convido a fazer um teste de amor, mas esse teste consiste em conversar com você. É, conversar.

Pare um minuto, em um momento tranquilo, relaxe, e pense no seu ex. Quero que você observe quais sentimentos surgem enquanto você pensa nele. Saudade? Angústia? Decepção? Rancor? Tristeza? Frustração? Um vazio? Curiosidade? Vontade de se vingar?

Reflita sinceramente com você, e identifique os sentimentos predominantes.

A segunda coisa que você fará é responder com sinceridade as perguntas abaixo:


  • Você tem medo de entrar no perfil dele nas redes sociais? Por quê?
  • Você se pega imaginando ele com outra? O que sente?
  • Você tem medo de encontrar com ele na rua? Por quê?
  • Quando você sonha com ele, isso te incomoda ou te deixa feliz?
  • Se vocês ainda se falam, o que sente quando ele liga, manda mensagem, ou mesmo comenta uma foto sua?
  • Que reação você tem quando alguém fala nele?
  • Como você reage quando escuta chamarem o nome dele?
  • Você busca saber o que anda acontecendo com ele?

Essas perguntas são básicas, um leve teste de amor, e dirão muito sobre o seu comportamento a respeito dele. A forma como você reage a cada situação, e os pensamentos que tem a respeito dizem claramente como você está levando sua vida pós-término.

Se, por exemplo, você respondeu que sente frustração sede de vingança quando pensa nele, que tem medo de olhar o perfil e ver que ele está com outra, ou mesmo “paquerando” nos comentários; que tem raiva quando pensa que ele pode estar com alguém; que quando sonha com ele acorda pensando em como a vida dele deve estar sem você…

Amiga, você tá com raiva porque ele seguiu adiante e você não!

A raiva não é mais porque ele te deixou, a raiva é porque ele conseguiu superar, te esquecer (aparentemente, pelo menos), e seguir adiante como se você nunca tivesse existido.

Nosso ego não suporta esse tipo de coisa!

Talvez seja hora de soltar as amarras e seguir em frente…

É difícil aceitar que o outro te superou? É! Principalmente quando você é muito orgulhosa!


Mas a pergunta aqui é: é saudável continuar parada no tempo, esperando por algo que talvez nunca mais volte? Como será sua vida por 2, 5, 10 anos desse jeito?


E o pior eu ainda não te disse! Parar no tempo enquanto as coisas mudam te impede de aproveitar as oportunidades que a vida está te dando. Isso inclui novas amizades, novos hábitos, novos amores!

Vale a pena tanto orgulho?

Eu quero te ajudar a enxergar isso antes que estrague sua vida de vez. Quero te ajudar a soltar suas amarras e respirar livre e leve de novo! É uma sensação incrível e libertadora!

Converse com você. Seja sincera. Coloque pra fora toda a sua dor e frustração. Aceite o que está sentindo e tenha como meta seguir adiante a partir de hoje!

Tem tanta coisa maravilhosa te esperando menina… Mas tanta coisa… Se permita! Você merece ser feliz com quem quer ser feliz contigo! 🙂

E ah: se você respondeu que vive grudada seguindo cada passo dele, que faz promessa pra Santo Antônio toda noite, que manda indireta e joga praga nas mulheres que dão em cima dele, que ao ouvir o nome dele já vira logo o pescoço procurando…

Te cuida! Tá beirando a psicopatia hein… 😀

Já dizia aquela linda frase: Cuide do seu jardim, ao invés de esperar que alguém te traga flores! Cuida de você sua linda, e conta comigo nessa jornada!

E se você ainda é louca, “arriada” os 4 pneus pelo boy, e quer ele de volta a qualquer custo, dá uma lida: Como reconquistar meu amor de novo!

Um beijo, sua linda! :*


 

Segredos da mente masculina: comece definitivamente a entender os homens, e ter melhores relacionamentos!